O que fazer em Fernando de Noronha

Quando você pensa em Fernando de Noronha, qual a primeira coisa que te vem à cabeça? Praias, acertei? Pois saiba que Noronha não é apenas isso. Além de desfrutar das praias mais lindas que você já viu na sua vida, existem outras atividades que tornarão a sua viagem inesquecível.

O que fazer na ilha

Praias – Noronha tem as praias mais lindas do Brasil. O Sancho já foi até mesmo eleita a praia mais linda do mundo. Então, o foco lá é esse.

Quais praias devo conhecer? Todas! Em Noronha, é difícil eleger uma ou duas imperdíveis. Quando digo que 2 ou 3 dias não dá pra muita coisa é por isso. Apesar da ilha ser pequena, as praias são maravilhosas, com água morninha e o ideal é curtir o máximo de cada uma, sem ficar correndo de praia em praia só pra dizer que foi.

Se você não tiver tempo de curtir uma por dia, dá pra combinar algumas praias. Por exemplo, dá pra fazer o Porto de manhã e Cachorro, Meio e Conceição à tarde (fica uma do ladinho da outra, dá pra ir a pé mesmo).

Do Sueste é fácil partir pro Leão por uma trilha. Da praia do Boldró, atravessando a praia do Bode e do Americano a pé, você chega à Cacimba do Padre. Da Cacimba tem uma trilha até a Baía dos Porcos.



Booking.com


Se você tiver pouco tempo, faça o ilhatur no primeiro dia, pra ter um panorama geral da ilha e nos outros dias você volta na praia que mais gostou.

O mapa abaixo te ajuda a identificar a localização de cada das praias e é uma mão na roda pra você elaborar seu roteiro:

Snorkel – É possível fazer mergulho de superfície em quase todas as praias de Noronha (se puder levar seu equipamento é melhor, mas você encontra lá pra alugar).

Mergulho de cilindro – Eu nunca fiz, mas Noronha é O lugar se você quiser mergulhar. A visibilidade é excelente e água quentinha. Super convidativo.

Ah Karol, mas ouvi dizer que Noronha tem tubarões e eles atacam. É verdade, se eles se sentirem ameaçados, vão atacar mesmo.

CONFIRA OS MELHORES RESTAURANTES DE NORONHA TESTADOS E APROVADOS

Noronha possui um ecossistema super equilibrado, o que significa que os tubarões têm comida suficiente no mar e não precisam atacar. Mas se você cutucar com pau de selfie ou tentar puxar pelo rabo, meu amigo, até tartaruga ataca (é sério).

Portanto, se você está viajando para um paraíso NATURAL, certifique-se de fazer a sua parte e respeitar a moradia DOS OUTROS.

Assistir ao pôr do sol –  Em qualquer canto da ilha, mas principalmente no mirante do Boldró. Outros lugares excelentes são: Porto, tanto na praia quanto lá em cima perto da capela de Santo Antônio, Cacimba do Padre, Forte de Nossa Senhora dos Remédios.

por do sol mirante boldro fernando de noronha

 

Passeio de barco – Eu fiz, mas de uns tempos pra cá minha visão sobre o turismo de exploração animal me fez ficar reticente quanto a esse tipo de passeio. Em Noronha o objetivo principal do passeio de barco é ver os golfinhos. Eles pulam na frente do barco e todos acham o máximo.

Ocorre que, como explicado na própria palestra do Tamar em Noronha, os golfinhos machos pulam pra proteger as fêmeas de uma possível ameaça perpetrada pelos barcos. Eles não estão fazendo festa pra você turista!

Palestra do Tamar – O projeto Tamar em Noronha realiza um ciclo de palestras com o objetivo de conscientizar os moradores e turistas. Não pense que é um evento chato e desgastante. Muito pelo contrário. Os palestrantes são profundos conhecedores do tema que abordam. É muito interessante e ainda é de graça.

Vale muito a pena! Cada dia da semana, eles falam sobre um tema diferente:

  • 2ª feira – Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha
  • 3ª feira – As Tartarugas Marinhas e o Projeto Tamar
  • 4ª feira – Golfinhos Rotadores
  • 5ª feira – Vivendo Noronha
  • 6ª feira – Tubarões
  • Sábado – As Tartarugas Marinhas e o Projeto Tamar
  • Domingo – Projeto Meros do Brasil

A dos golfinhos e a dos tubarões são sensacionais. Verifique antes o tema do dia, porque às vezes eles alteram.

Tartarugas MarinhasTodas as 2ª e 5ª feiras, é possível acompanhar também de graça a atividade de monitoramento de tartarugas marinhas, através de captura intencional para marcação e biometria na praia. – Os biólogos entram no mar e capturam a tartaruga para monitoramento.

Enquanto fazem as medições necessárias, eles explicam sobre a importância do que estão fazendo. Vale muito a pena. As crianças ficam encantadas.

De dezembro a junho, também é possível  acompanhar o monitoramento noturno na praia do Leão e a abertura de ninhos. É preciso agendar!

Acqua sub – também nunca fiz mas parece ser interessante – várias agências em Noronha realizam esse tipo de passeio – é uma pranchinha presa ao barco, você segura e o barco vai te puxando enquanto você mergulha.

Encontre sua pousada em Fernando de Noronha

Trilha Atalaia – infelizmente nunca fiz, mas quero fazer. Todos dizem que vale muito a pena. Mais um motivo (se é que preciso de mais) pra voltar à ilha. Também é necessário agendamento, pois as vagas nos grupos são limitadas.

À noite vá curtir um forró no Bar do Cachorro ou no Muzenza!

*Ao reservar com um parceiro através dos nossos links recebemos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda o blog a se manter sempre atualizado com novas dicas de viagem. Obrigada! =)

Quer viajar mais? Cadastre-se aqui e não perca nenhuma dica:

O que fazer em Fernando de Noronha

Mais algumas dicas