Explore as incríveis Buracas do Casmilo!

Você é amante da natureza e adora parques ecológicos para praticar desporto (ou esportes) ao ar livre ou apenas passar um tempo de qualidade?! Então você precisa conhecer as Buracas do Casmilo. 

Você é amante da natureza e adora parques ecológicos para praticar desporto (ou esportes) ao ar livre ou apenas passar um tempo de qualidade?! Então você precisa conhecer as Buracas do Casmilo. 

Passar tempo de qualidade na natureza, está cada dia mais difícil, considerando o tempo que temos disponível e as opções de lugares próximos de casa para dar uma escapadinha.

 Se tratando das belezas naturais espalhadas por Portugal, pode ser difícil encontrar, mas não é impossível. Muito pelo contrário. E como boa curiosa que sou, não poderíamos deixar passar o post sobre um lugar bonitão, chamado Buracas do Casmilo. Que eu, vergonhosamente, chamei de Buracos do Casmilo. Sem mais comentários, para não passar vergonha, siga para o que interessa…

Sinalização buracas do casmilo - Blog Bons Ventos me Levam

Turismo do centro

A região do Centro de Portugal, é a região onde tudo começa e você pode encontrar diversas opções turísticas por lá. Um bom exemplo, são as Buracas do Casmilo para você aproveitar e passar um tempo imerso na natureza.

A região do centro contempla mais de 100 concelhos com uma diversidade gigante! Desde destinos com paisagens de tirar o fôlego à beira mar até parques ecológicos cheios de trilhas e caminhos na natureza para explorar, sem falar nas histórias, costumes e tradições que cada concelho tem e entrega para melhorar a experiência turística.

Como são muitos concelhos, podemos dividir o turismo do centro em 8 macros regiões

Aproveitando, vou deixar aqui um guia de comidinhas típicas da zona centro.

Kkle8qXfc3bsrBlG 1l6 XcvEN8sMZZnwQ6VcrKXc1 eCVLRLIkesitW qu9a0l YYE1BD8ZzTs5arCb7MToyepB

Alguns posts que já escrevemos sobre a Região Centro de Portugal: 

Lousã – Hotel

Conimbriga – Condeixa a nova 

Serra da Estrela 

Leiria 

Região de Coimbra

A região de Coimbra (sou suspeita em dizer que é minha preferida, já que foi a primeira cidade que morei em Portugal), tem como cidade principal, adivinhem? Coimbra! 😀 

É uma cidade milenar, que definitivamente é um mergulho na história de Portugal e que também traz à tona, a história e cultura romana outrora vivida em terras portuguesas. 

Por aqui dá para explorar pegadas de dinossauros, aldeias históricas e muitos mistérios que valem a pena desvendar em um roteiro contemplando os demais concelhos pertencentes à região de Coimbra.

A UC, Universidade de Coimbra, onde tive o prazer de estudar Jornalismo, é sem dúvida um patrimônio de toda a sociedade, oficialmente registrada pela Unesco em 2013. Está entre as Uni. mais antigas do mundo, fundada em 1290 em Lisboa e depois transferida para o lugar que está até hoje.  

Não muito longe, na verdade a mais ou menos 20 minutos de Coimbra, encontramos, as Buracas do Casmilo, localizadas no concelho de Condeixa-a-Nova e “abraçadinha” a Serra do Sicó. 

Mapa região de coimbra para chegar as buracas do casmilo - Blog Bons Ventos me Levam
Booking.com

A Serra do Sicó

A Serra do Sicó, também conhecida como o Maciço de Sicó, é uma serra com 559m de altura formada por relevos calcários. O percurso para visitar toda a extensão territorial da Serra de sicó, corresponde a um percurso circular de 189km e cerca de 5.000m de desnível acumulado, ou seja, o sobe e desce da elevação ou relevo ao longo da Serra.  Dando para percorrer em 8 etapas o Maciço, dividindo por conselhos:  Ansião, Alvaiázere, Condeixa-a-Nova, Penela, Pombal e Soure.

Na sua grande maioria, as trilhas podem ser percorridas a pé e ou de bicicleta e são bem sinalizadas. Confira sempre antes da aventura, ok? 

Além da aventura que pode ser explorada ao realizar uma trilha pela serra, os visitantes também podem ser surpreendidos pelos Campos de lapiás, dolinas, lapas e algares, o canhão do Rio Mouros ou o vale da Buracas do Casmilo

Serra do sicó próximo as buras do casmilo - Blog Bons Ventos me Levam

Dicas para explorar a Serra do Sicó – Em Segurança! 

  • Seguir apenas pelo trilho sinalizado;
  • Evitar fazer ruídos desnecessários;
  • Observar a fauna sem perturbar;
  • Não danificar a flora;
  • Não deixar lixo ou outros vestígios de passagem;
  • Não fazer lume;
  • Não colher amostras de plantas ou rochas ;
  • Ser afável com as pessoas que encontrar no local.

Recomendações para fazer a trilha na Serra de Sicó

  • Certifique-se que leva consigo água e mantimentos suficientes;
  • Ao longo do percurso encontrará um único café e restaurante no lugar de Degracias; 
  • Na Redinha e em Condeixa existem outros estabelecimentos de apoio;
  • Em dias de sol é essencial o uso de protetor solar e boné;
  • No inverno é muito importante um bom agasalho;
  • Em algumas situações terá que atravessar estradas asfaltadas, seja prudente.

Para os aventureiros hard core que amam uma longa trilha, a rota do Lápias pode ser uma boa opção para você.

rota das lápias para chegar as buracas do casmilo - Blog Bons Ventos me Levam
?c=27395&m=1245698&a=313537&r=&t=html

Buracas do casmilo

O nome é engraçado e o significado é tão simples quanto isso: Uma formação geológica, que representa várias salas de uma grande gruta. E mais? Só a Mãe Natureza explica! 

De forma um pouco mais técnica:  

“O Vale das Buracas, nome pelo qual é conhecido no meio científico, corresponde a um pequeno canhão fluvio-cársico, isto é, um vale de vertentes abruptas que foi aprofundado pela passagem de água ao longo do tempo, escavado em calcários do Jurássico médio na Serra do Rabaçal, em pleno Maciço de Sicó, estendendo-se ao longo de 400 metros numa direcção coincidente com a tectónica de fracturação local” (Cunha et al., 2006). 

Alguns buracos medem em torno de 2 a 3 metros de altura e 1 a 3 de profundidade, outros podem chegar a 10m de diâmetro e 5 a 7 de profundidade. Mas a maioria, é menor. Como está que eu subi. 

buracas do casmilo - bvml
serra do sicó, buracas do casmilo - Blog Bons Ventos me Levam

O que fazer nas buracas do Casmilo

Laurear a pevide! Como dizemos em Portugal, não fazer nadinha e ficar olhando pro tempo. Foi isso que fiz, além de ficar tirando mil fotos e observando a paisagem. 

Alguns grupos e empresas praticam escalada, montanhismo e outras atividades como acampamentos. Há gostos para tudo e ferramentas também. 

Alertamos sempre para terem atenção às regras de zonas como está, tanto a nível de proteção ambiental como de segurança pessoal. Por não ser um parque fechado e não ter vigilância constante, tenha sempre cuidado e atenção! 

trilha serra do sicó, buracas do casmilo Blog Bons Ventos me Levam
?c=30795&m=1984702&a=313537&r=&t=html
serra do sicó e buracas do casmilo - Blog Bons Ventos me Levam
foto de dentro das buracas do casmilo - Blog Bons Ventos me Levam

Eu aproveitei uma manhã, depois do cafézinho, e fui caminhar. Estacionei o carro bem antes do início da trilha para as Buracas e segui as placas. 

Sobre o nome. É outra coisa simples de explicar. A aldeia próxima, onde fica a atração, se chama… Casmilo. Então é isso, as Buracas do Casmilo

( Isso justifica porque eu dizia os buracos do Casmilo! 😀 ) 

Sugestão da Sabrina: Vá com tênis ou calçado muito confortável, leve água e faça mais do que apenas visitar as Buracas. Faça parte do percurso do Vale do Lápias. Mas, calcule bem o tempo e a rota para não se perder. 

Tenha atenção na estrada e aproveite para ver outras atrações ao redor. 

Boa viagem e boa trilha! 

Para se hospedar bem pertinho, fique no Hotel Conímbriga. Falei sobre ele aqui.

*Ao reservar com um parceiro através dos nossos links recebemos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda o blog a se manter sempre atualizado com novas dicas de viagem. Obrigada! =)

E não se esqueça do Seguro viagem!!

Tour gratuito, visitas, ingressos e passeios? Temos!

Vai de ônibus? Experimente a Flixbus.