Você precisa conhecer o Hotel Parque Serra da Lousã: Aprovado e testado para crianças e crescidos!

Descubra todos os benefícios e curiosidades sobre o Hotel Parque Serra da Lousã.

Minha experiência no Hotel Parque Serra da Lousã, 4 estrelas, diga-se de passagem, foi sensacional e confesso que me arrancou lágrimas nos olhos quando comecei a escrever esse texto. 

Turismo com propósito – A ADFP em Miranda do Corvo

O hotel é propriedade da ADFP – Assistência, Desenvolvimento e formação profissional. Uma instituição que sinceramente, tocou meu coração. 

Quando chegamos ao hotel no fim da tarde eu não dei pelas pessoas que ali trabalhavam, nem no hotel e muito menos no parque. Já estava cansada da viagem e só queria ir para o quarto descansar. 

Não li nada e só conseguia me aguentar e conter um pouco da agitação que a Letícia tinha – Agitação que só resolveu depois de ir para piscina interna do hotel ( com 29 graus, medidos a minha frente, para que conste!). 

Quando fui visitar o Parque Biológico, no dia seguinte, percebi um rapaz com certo grau de deficiência, limpando as zonas das aves, foi então que procurei saber sobre as atividades e promoções sociais que aquele complexo tinha! 

Ainda estou tentando não me apegar ao que vivi ali. 

A ADFP, promove a integração de idosos, jovens, crianças de ambos os sexos em situações especiais seja por deficiências ou doenças mentais, sem abrigos, mulheres grávidas ou vítimas de violência doméstica, imigrantes e outras tantas situações que colocam nós, simples seres humanos, em situações fora dos padrões do que a sociedade de modo geral espera. 

adfp fadfp

Além dos centros de apoios, residenciais sociais, centros de atividades em tempo livre, universidade sênior, queijaria e fumeiro tradicional, Clube da mulher, creche infantil, Adega e alambique… temos o complexo do Parque Biológico com o Hotel Parque Serra da Lousã ****. Onde eu tive o prazer de passar uns dias bem tranquilos e longe dessa confusão que vivemos em 2020!

Hotel Parque Serra da Lousã - Portugal

Estrutura do Hotel Parque Serra da Lousã

O Hotel Parque Serra da Lousã é de um conforto maravilhoso! 

Tudo limpo, o staff muito simpático e disponível e as instalações são um charme.

No Booking a pontuação é de 9,2 e eu, assino em baixo! 

Booking.com
  • São 40 quartos, um restaurante que está anexado a estrutura;
  • O Museu da Chanfana com restaurante;
  • O Restaurante Dionísio para eventos especiais;
  • Um bar – muito charmoso que me apeteceu sentar e jogar conversa fora;
  • Sala e reunião;
  • Bicicletas para uso, Spa, academia, piscina interior aquecida e um Kids Club – Esse eu usufrui, como podem ver!

O conceito é interessante: Cada quarto é uma homenagem a um deus da mitologia greco-romana.

Nós ficamos no Narciso e dentro do quarto tem um quadro explicando a história com uma foto do dito cujo!

O hotel fica dentro do complexo do parque biológico e dá para ver alguns animais logo do estacionamento. 

A Letícia adorou e eu mais ainda. Costumo ser pior que ela!

Há piscina externa, campo de futebol, parque infantil, zona de mato para a criançada rolar e pegar uns carrapatos e muito cheiro a mato, que é coisa que eu amo desde sempre. 

E não poderia deixar de dizer isso: O Hotel Parque Serra da Lousã tem sinalização em Braille!! Inclusão, ohoo yeah!

civitatis 177 728x90 03

Minha experiência no hotel

Não nos foi cobrado a mais pela Letícia e colocaram um berço no quarto, ou seja, um casal de adultos e uma criança, no mês de novembro, pagou 68 euros com café da manhã ( Vulgo pequeno almoço). 

E pasmem, éramos apenas 5 pessoas no hotel inteiro. Toda segurança e higiene necessária para uma estadia segura em meio a esse caos do COVID. 

O meu quarto tinha TV com imensos canais, deu para assistir muita Masha e Urso, tinha uma mesinha com chá, café, esquentador de água elétrico, sistema de rádio embutido, varanda para a Serra da Lousã, mesinha na varanda, roupa de cama, cofre, frigobar com chave – Não sei como faria para abrir, não pedi, secador de cabelo, roupão e chinelo de banho e claro, aquelas amenidades que eu adoro: Shampoo, creme de corpo, toca de cabelo, sabonete e aquela fofurice toda que enche os olhos. 

 Aqui deixo três dicas pessoais! 

  1. O secador era mais fraco que o meu, apesar de eu usar um secador de gama profissional porque o meu cabelo é mais seco e grosso. Então, se você gosta mesmo do cabelo do seu jeitinho, leva o teu! A prancha eu levei!
  1. Quando fizer a reserva, ligue e peça um quarto com vista para o campo de futebol, área de brinquedo e para a Serra. É incrível a vista da neblina na montanha no fim de tarde!
  1. Peça um roupão especial para a criança! A Letícia recebeu um roupão do tamanho dela. Parecia uma patroa! ( As vezes tenho a certeza que é! Enfim.. desabafo sobre isso outro dia…)

O Spa ficou aberto até as 23 horas, o café da manhã poderia ser servido no quarto e me deram uma folha para preencher o que queria na hora do Check-in.

Adivinhem? Eu esqueci! Mas acabou tudo bem! Serviram imensas opções e estava tudo gostoso e saboroso. Nada a reclamar, pelo contrário. 

E outro detalhe que salvou o meu café. A Letícia estava ligada no 220v e a moça que nos atendeu (queria lembrar o nome dela), trouxe um livrinho com lápis para ela colorir. Ganhei mais 5 minutos de paz. 

Falando em colocar fogo no parquinho, a Letícia adorou o Kids Club. Colocamos música na sala, mergulhei na piscina de bolinhas com ela ( que o hotel não leia essa parte) e fiz guerrinha de bolinha. 

No fundo do corredor, havia uma academia que eu passei bem longe e uma sala com mesa de sinuca e uma decoração bonitona. 

Apesar da reserva ter sido feita em cima da hora, na noite anterior: disponibilidade, simpatia, cuidado em cada detalhe, atenção e muita boa vontade em ajudar e acolher. 

São as palavras que deixo registradas e espero voltar em breve.

 

Sobre o Parque biológico? Estou preparando outro texto só para ele. 

O Lince ibérico e os lobos merecem uma dedicatória especial. 

COMO CHEGAR

É fácil de chegar, a estrada é boa e fica mais ou menos a mesma distância do Porto e de Lisboa. Ou seja, mais ou menos 2 horas para cima, 2 para baixo. Vai variar de acordo com o pézinho da pessoa! 

E fica a mais ou menos 20 minutos de Coimbra, ou seja, se quiser dar uma escapada para conhecer a UC – Universidade de Coimbra ( Onde eu tive o prazer de estudar) e outras atrações da cidade, é fácil e rápido. 

Dirigir em Portugal é uma faca de dois gumes, amor e ódio!

Ou você viaja pela Autoestrada que é paga e em alguns trechos você deixa o rim, ou viaja pelas nacionais que costuma ter muitos caminhões, muitas curvas e demoram um pouco mais. 

Sinceramente, alguns trechos valem a pena fazer pela nacional. Não custa muito, já outros, é impossível devido a diferença do tempo. A não ser que o objetivo seja realmente ir curtindo e conhecendo as cidades pelo caminho. 

Se não for, esquece, paga a sofrência e vai embora. 

1594151882

  • De Lisboa para Mirando do Corvo, onde fica o Hotel, pela Autoestrada A1 e depois pela A13 são exatamente 1:45 minutos contados pelo Google. São cerca de 191Km. 
  • Pela estrada nacional IC2, passando por Leiria, Pombal, Condeixa-a-nova são em média 2:30 horas mas conte com mais, dependendo das obras, acidentes ou trânsito. 
  • De Ônibus: Vá até Coimbra, por cerca de 15 euros cada trecho ( Atenção que você encontra promoções) e depois você paga mais um pouco, coisa de 3 ou 4 euros até Miranda do Corvo. Da rodoviária até o Hotel são cerca de 2km. Táxi ou Uber! 😀 
  • De Trem (comboio): Pegue um trem na Estação Lisboa Santa Apolônia e vá até Coimbra – B – A segunda estação de Coimbra, que fica mais afastada do centro da cidade. Depois pegue um ônibus de cerca de 2 euros até Coimbra Parque, próximo ao Jardim Bôtanico de Coimbra e de lá um ônibus para Miranda do Corvo por cerca de 4 euros. Depois são mais 2km até o hotel na mesma! Te vira 😀
?c=27395&m=1245698&a=313537&r=&t=html
  • Para calcular as portagens, você pode ver direto no site da Via Verde. A empresa que administra as estradas pagas.

ONDE JANTEI

No jantar, resolvemos ir conhecer o QB Restobar no centro da Lousã e comi um Hambúrguer de pão preto ( Com tinta de Choco). Bom preço, comida saborosa, empregados simpáticos, ambiente bonito e criativos, do jeito que a publicitária que habita em mim gosta! 

Fica aqui minha recomendação! 

*Ao reservar com um parceiro através dos nossos links recebemos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda o blog a se manter sempre atualizado com novas dicas de viagem. Obrigada! =)

E não se esqueça do Seguro viagem!!

Tour gratuito, visitas, ingressos e passeios? Temos!

Vai de ônibus? Experimente a Flixbus.