Lisboa e regiões metropolitanas ganharam um novo passe de transporte super acessível e que leva a vários pontos turísticos. Quer saber quais são? Eu explico!

 Lisboa e regiões metropolitanas ganharam um novo passe de transporte em 2019 super acessível e que leva a vários pontos turísticos. Quer saber quais são? Eu explico! 

O PASSE LISBOA VIVA

O novo passe de Lisboa e região começou a valer à partir de abril de 2019 e facilitou a vida de muita gente que usava vários passes diferentes. Passou a atender determinadas zonas que funcionam de maneira independente e aplicava o preço que “lhes apetecia o juízo”.

Quem morava nas regiões metropolitanas de Lisboa precisava ter dois passes de transporte e gastava muito. Desde 60, 70 euros a 150, por mês

Se é campanha política ou não (claro que é), não posso afirmar ao certo. Mas sem dúvidas é um excelente benefício para quem quer vir passear e para quem mora também. 

Para quem mora dentro de Lisboa o Navegante Lisboa mensal custa 30 euros e para quem mora nas zonas adjacentes, chamadas metropolitanas custa 40 euros

Se você é turista e está lendo este texto, não se preocupe o Lisboa card é uma opção para você aproveitar todas essas nossas dicas se não quiser comprar o passe mensal. 

E pensando em uma forma de ajudar os “moradores-turistas” economizarem e passearem mais, vou te dar esse guião lindão do que conhecer ao redor de Lisboa!

Turismo com o passe Lisboa Viva - Blog Bons Ventos me Levam

SINTRA 

Essa região é super conhecida. Quase 100% dos turistas que vêm para Lisboa, querem ir conhecer a região de Sintra e eu, sou suspeita, porque adoro. 

O lugar que eu mais gosto em Portugal inteira, é realmente o Palácio da Pena. Fico me imaginando ali, feito princesa (detalhe que na época eu ia ser escrava né?! Azedumedodia) Respirando aquele ar de realeza com vestidões.  Enfim… vamos a lista das minhas sugestões e de como chegar. 

Como chegar em Sintra

Partindo de Lisboa, pegue um Comboio da CP que vai para Sintra. Principais estações para pegar: Oriente, Areeiro, Entrecampos, Sete Rios e Benfica. Ou Lisboa- Rossio estação inicial ou final, dependendo do sentido 🙂 

Existe também a linha 035 da empresa VIMECA que funciona de abril a setembro e parte da Marquês de Pombal para a Estação de Sintra de Comboio. Parte de 1 em 1 hora e dura aproximadamente 27 minutos, parando na Rua Joaquim António Aguiar e na zona das Amoreiras, em Lisboa.

De Carro joga no Google e boa viagem. beijos! 

Pegando o Comboio desça na última paragem: Sintra! 

Dentro de Sintra recomendo que você aproveite para andar, mesmo que alugue um carro para fazer as atrações mais rápido, tem grandes chances de estressar e ficar mais cansado. A cidade está sempre cheia de turista, no inverno ou no verão, faça frio, faça sol ou acabe o mundo.

Para chegar ao Centro Cultural Olga Cadaval (Já levei Letícia aqui em um concerto de música para bebês e foi lindíssimo) desça uma estação antes da última, Portela de Sintra e ande uns 10 minutos. 

Paradas que recomendo: 

Almada

A Almada está pertinho do Rio Tejo e das praias da zona da Costa da Caparica, muito procuradas pela corte portuguesa para veraneio já naquela época. 

É um município que vem crescendo cada vez mais, muita gente tem optado por morar na Almada e trabalhar em Lisboa por conta dos preços um pouco mais baixos. Apesar da região ter cada vez mais independência da capital desde a construção da ponte 25 de Abril.

É fácil reconhecer a Almada, quando estiver em Lisboa e avistar um Cristo de braços abertos que lembra o Cristo Redentor, então, é lá a Almada. 

Na região há uma presença muito forte da cultura árabe, que inclusive pode ser vista nas muralhas do castelo e foi uma zona de extrema importância para vigilância da entrada via mar pelo Rio Tejo e também do comércio que sempre foi muito forte. Inclusive, o porto de Cacilhas (onde se pega o barco) foi dos mais importantes da península ibérica. 

Como chegar a Almada: 

Para chegar na Almada não tem erro. Sabe quando você de Lisboa avista um outro lado de terra firme? Então é lá mesmo e por norma o jeito mais fácil de chegar às zonas principais é através de barco.

A opção mais comum – embora polêmica – é a de Barco Transtejo ou cacilheiro, que liga Lisboa ao Terminal de Cacilhas. É uma viagem tão rápida que nem dá para enjoar, se o seu problema for viajar de barco. 

E se quiser, ainda tem uma segunda opção de Barco que Liga Belém a Trafaria e da Trafaria você pode circular nos transportes da Margem sul. Tudo incluído no passe metropolitano! 

Indo de ônibus você pode apanhar um autocarro (busão) em vários pontos de Lisboa: Areeiro, Cidade Universitária e Praça de Espanha

A última parada é por norma a Praça S. João Baptista bem no centro da Almada e de lá você pega o Metro da margem sul para circular.

De Comboio também é uma boa opção e agora ainda mais com o passe metropolitano. Antes, a empresa que faz o serviço, a Fertagus, tinha passes que tranquilamente chegavam aos 70 euros. Agora já não!

Partindo de Lisboa Roma-Areeiro, Sete Rios, Entrecampos e Campolide você desce na estação do Pragal – Almada próxima ao Hospital Garcia de Orta.

Paradas que recomendo: 

Esse é o tal restaurante  que vende umas obras de arte feitas com muito açúcar: Sorvete, chocolate, coberturas, Donuts, Brownie e uma fruta, só pra não esquecer da frutose tá?! Não falo nada, só mostro fotos e tenho saudades! 

Turismo com o passe Lisboa Viva - Blog Bons Ventos me Levam

A Praia da Mata faz parte das muitas praias da Costa da Caparica!

Se você estiver perdido com tantas informações, você pode reservar aqui um tour gratuito pela cidade de Almada.

SETÚBAL 

Setúbal tem uma história muito bonita e curiosa. Começou a ser povoada pelos fenícios e romanos que inclusive, começaram a atividade de exploração do sal para a conserva de alimentos. 

Localizada bem no estuário do Rio Sado, o porto de Setúbal foi muito importante para o comércio português durante muitos anos. 

A região também é bem conhecida pelas praias lindíssimas que são protegidas pela beleza da Serra da Arrábida, pelos vinhos e pela bebida deliciosa do Moscatel de Setúbal e pela península de Tróia. 

É aqui em Setúbal que a gente consegue ver golfinhos a nadar felizes da vida. É uma experiência linda!

Como chegar em Setúbal

Setúbal de carro fica a mais ou menos 50km de Lisboa e leva por aí uns 40 minutos fazendo contas simples. 

Mas para quem não tem carro e usa o passe metropolitano uma opção é o comboio da Fertagus que faz o percurso até a estação final de Setúbal em aproximadamente 1 hora. 

De ônibus, ou melhor de autocarro há três linhas o 561, 562 e o 561 da operadora Transtejo.

  •  O 561 parte da Praça de Espanha e é o que chamamos de rápida com poucas paragens, chegando em Setúbal em 45 minutos ( conta média né?!) passando pela ponte 25 de abril e parando em 8 paragens. O primeiro a partir é por volta das 6 da manhã e o último a 20:30h. 
  • A linha 562 faz a ligação de Lisboa a Setúbal partindo da Gare do Oriente em Lisboa, parando apenas na estação de Comboio e no terminal rodoviário de Setúbal. O primeiro é às 6:15 e o último às 20h em dias de semana, nos finais de semana, encerra às 19h. A média de tempo da viagem é de 35 minutos. 
  • O 563 parte da também da Gare do Oriente, passa pela Ponte Vasco da Gama e tem 7 paragens até chegar em Setúbal, passando pela zona do Pinhal novo. Funciona das 23h às 23h e leva em média 45 minutos a 1 hora. 

Tenha sempre em conta o trânsito e consulte sempre um aplicativo de transporte para saber atualizações de rota e horário. 

Outra opção mais trabalhosa, é ir de barco do cais Lisboa – Terreiro do Paço até a estação de barco do barreiro e de lá pegar o Comboio para Setúbal e descer na estação Praça do Quebedo. 

Paradas que recomendo: 

Turismo com o passe Lisboa Viva - Blog Bons Ventos me Levam
Praia do Galapinhos

Quer saber mais sobre a praia dos Galapinhos? Falei sobre ela em um post dedicado e com muitas fotos.

CASCAIS

Cascais uma zona lindíssima  cheia de praias que ficam lotadas no verão, de restaurantes maravilhosos ( e caros)  da oportunidade de conhecer gente nova, gente velha, gente…

Inclusive, preciso dar os parabéns para o site que promove o turismo do concelho. Está lindíssimo e com muitas informações de qualidade.

Cascais tem 4 subdivisões de municípios: Alcabideche, Carcavelos e Parede, Cascais e Estoril e São Domingos de Rana e carrega muitas memórias ligadas ao Rio Tejo, onde ele se encontra como mar. Além de muitas memórias militares, já que uma entrada indesejada de invasores pelo desaguar do Rio Tejo, poderia ser fatal para a monarquia portuguesa da época. 

Em cascais você encontra restaurantes, cafés, eventos e uma vista de tirar o fôlego em todo lado que caminha rente ao mar. 

Como chegar em Cascais 

A melhor opção para chegar a Cascais é de Comboio. Você pega na estação de Comboio e de metrô Cais de Sodré e prepara os fones de ouvidos para aproximadamente 1 hora de viagem. 

A parte boa do comboio partir da estação do Cais de Sodré é que o metrô fica bem em baixo. É só subir as escadas e está lá! 

Chegue na plataforma e observe a indicação nos letreiros. Algumas linhas fazem menos paragens e chegam a Cascais mais rápido mas atenção, se você não for para Cascais estação final, não vale a pena pegar ele. 

Partindo de Sintra, você pode pegar dois autocarros: O 417 e o 403. Mas só faz sentido pegar alguma das duas linhas se já tiver em Sintra e quiser dar um pulo em Cascais. Ele passa de 1 em 1 hora e leva mais ou menos 30 minutos para chegar em Cascais. Sair de Lisboa para Sintra de Comboio só para pegar o ônibus, não faz sentido nenhum!


Se a ideia for circular dentro do concelho de Cascais, consulte o site da Scotturb para ver os trajetos. Mas há ônibus que vão a Casa da Guia, que vão até as praias do Estoril e vários pontos de ligação a zona de Sintra. 

Paradas que recomendo: 

Eu sei, há aqueles que ainda preferem uma boa e velha excursão com guia. E vamos lhe ajudar com isto. Temos uma alternativa para este passeio.

Praia da Ribeira bem próxima ao centrinho de Cascais com muitos restaurantes e lojas a volta.

MAFRA

A região de Mafra tem duas ligações muito fortes: O mar a cultura militar. A Tapada de Mafra, por exemplo, foi durante muito tempo lugar de lazer e de caça da monarquia portuguesa.

É na zona de Mafra que foram encontrados registros arqueológicos da presença humana com datas de 7.000 a.c. Há muitos traços da presença dos Romanos em praticamente todos os concelhos de Mafra. 

Mafra chegou a ser invadida pelas tropas napoleônicas durante 9 meses, segundo minhas pesquisas. 

Em 1887 é criada a Escola Prática de Infantaria e Cavalaria que até pouco anos atrás funcionava como com seu intuito inicial. 

E vale a pena sem dúvidas experimentar o famoso Pão de Mafra! 

Como Chegar em Mafra

Para chegar em Mafra de transporte público você precisa ir para a estação de Metrô e de autocarros do Campo Grande e de lá pegar um ônibus da linha Mafrense para Mafra mais especificamente para o convento de Mafra. 

Maaas, confirme sempre com o motorista se aquele autocarro aceita o passe até o destino final e se a parada final é Mafra ou Ericeira!

Atenção para não seguir direto caso não esteja atento. De todo, a Ericeira também é linda.

As últimas informações que tenho são as seguintes: A linha 208 opera ligando Lisboa Campo Grande a Mafra, tem 75 paragens (só) e leva mais ou menos 50 minutos para chegar ao destino final. 

Dica para tudo na vida: Chega no lugar e confere com os motoristas ou nos balcões de atendimento. Não custa!

Paradas que recomendo: 

VILA FRANCA DE XIRA

Vila Franca já começa a ser bem diferente das outras regiões, já começa a ter ares de Ribatejo. Tanto na vegetação, quanto nos hábitos e na alimentação. É perto de Lisboa mas você já vai notar uma boa diferença. 

VFX tem vários pontos de interesse em diversas regiões, vilas ou cidades, como Alhandra e Alverca. Vou deixar aqui algumas dicas que eu conheço: 

Como Chegar em Vila Franca de Xira

Para chegar em Vila Franca a melhor opção é sem dúvidas o comboio. Eles param basicamente em duas estações finais: Alcântara- Terra e Santa Apolónia. 

A Viagem dura em torno de 1 hora, partindo de Alcântara-terra. Se você pegar na estação de Santa Apolónia ou no Oriente, demora um pouco menos. 

Existem os comboios que param em todas as estações e apeadeiros. Que são pequenas estações muitas vezes sem um guichê de atendimento, só mesmo a plataforma e a máquina para tratar dos bilhetes e passes. 

E existem os comboios suburbanos que vão parando em estações principais e levam menos tempo: Por exemplo, param no Oriente, Alverca e Vila Franca de Xira. 

Você também pode ir para Vila Franca com a Linha 123 da Barraqueiro/Boa viagem. Você apanha no Campo Grande e desce na estação terminal de Vila Franca que fica inclusive, em frente a estação de Comboio. 

Mas demora muito mais, já que a linha para em Alverca, no Sobralinho, em Alhandra e por fim em Vila Franca de Xira. 

Vá de comboio que é mais rápido e melhor!

Paradas que recomendo: 

A Pastelaria fica em Alverca, 2 estações de comboio antes de Vila Franca de Xira

E é claro, tem muito mais coisas para fazer em muitas outras regiões. Aliás, se lembrar de mais alguma, fala com a gente! 

Gostou?

E não se esqueça do Seguro viagem!!

Tour gratuito, visitas, ingressos e passeios? Temos!

Vai de ônibus? Experimente a Flixbus.


*Ao reservar com um parceiro através dos nossos links recebemos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda o blog a se manter sempre atualizado com novas dicas de viagem. Obrigada! =)

Quer viajar mais? Cadastre-se aqui e não perca nenhuma dica:

Turismo com o passe Lisboa Viva - Blog Bons Ventos me Levam