Quer morar na Alemanha? Saiba quanto custa viver por aqui.

A Alemanha atrai a atenção de muitos brasileiros que pensam em sair do Brasil e eu entendo perfeitamente o porquê. É um país seguro, com educação gratuita de qualidade, com um nível de organização realmente surreal. Não há como negar! Se você está pensando em se mudar pra cá e quer saber quanto irá gastar, vou abrir o mapa da mina pra vocês agora!! Quer saber quanto eu gasto mensalmente pra morar na Alemanha? Então leia esse post até o final!

Pra que essas informações fiquem mais realistas, é preciso considerar a minha situação financeira especificamente.

Eu vivo na cidade de Darmstadt, que fica no estado de Hessen, a cerca de 35 km de Frankfurt, cidade mais conhecida aqui dos arredores.

Darmstadt tem menos de 150 mil habitantes e é considerada uma cidade média para os padrões alemães.  Não é uma cidade turística e por conta disso a oferta de lazer não é tão grande quanto em cidades maiores e turísticas. Isso conta na hora de calcular os gastos, principalmente se você gosta de sair pra experimentar lugares novos na sua própria cidade.

Aqui em casa somos dois: eu e meu marido, e vivemos hoje com o que ele ganha da bolsa de pesquisa no Brasil, que é 1500 euros, e mais o que eu ganho no minijob que eu tenho, que dá em média 200 euros por mês. Esse valor que eu ganho varia, porque é pago por hora. Tem meses que eu trabalho mais e outros menos. Mas durante dois anos nós vivemos única e exclusivamente com a bolsa do meu marido. Foi difícil? Foi. Impossível? Não.

Graças aos nossos hábitos mais sustentáveis e conscientes, conseguimos nos virar até bem demais com isso. Mas esse papo sobre consumo consciente fica pra outro momento!

Então, vamos ao que interessa!

Aluguel

Custo de vida aluuguel alemanha

Certamente, o aluguel é o gasto que vai consumir a maior fatia do seu orçamento. Isso porque a Alemanha está vivendo um caos no setor imobiliário, com uma especulação que já passou do absurdo faz tempo.

Darmstadt é uma cidade relativamente pequena, mas tem duas universidades enormes e dezenas de empresas multinacionais. Isso significa que a demanda por moradia é enorme. Mas o setor imobiliário está estagnado, não há a construção de novas moradias. Então a disputa é acirrada e joga os preços lá pra cima.

No último fim de semana, por exemplo, houve manifestações em diversas cidades alemãs protestando contra a concentração de milhares de imóveis nas mãos de algumas empresas, o que estaria provocando essa crise no setor.

Aqui em Darmstadt, o preço médio dos aluguéis varia entre 10 e 12 euros/m². O nosso aluguel custa 450 euros kalt (kalt = frio e significa o valor do aluguel sem aquecimento e taxas extras).

O aluguel com taxas se chama warm e inclui o aquecimento e as taxas de limpeza e recolhimento do lixo. No meu caso específico, as taxas também incluem o gasto com água, mas isso não é regra.

No total, pagamos 660 euros por um apartamento de 1 quarto, sala, cozinha e banheiro. Aqui é considerado como 2 Zimmern (dois cômodos), pois os alemães consideram a sala e o quarto no momento de contar o número de “quartos”. Mas é importante lembrar que existem cidades bem mais caras, como Munique, onde o aluguel pode engolir uma fatia bem maior do seu orcamento.

Entao, se você tem interesse em morar na Alemanha, mas nao está com as contas tao folgadas assim, dê uma chance pras cidades médias e pequenas, onde a qualidade de vida também será excelente!

Energia

Na Alemanha não há monopólio na prestação de serviço de energia, como ocorre no Brasil. Ou seja, existem várias empresas que oferecem esse serviço e o usuário é livre pra contratar a que quiser. No meu caso, a própria administradora do condomínio contratou a empresa Entega e não quisemos mudar depois. A Entega produz energia verde, não proveniente de fonte nuclear e a tarifa não destoa das outras, como a “E Wie Einfach Smart Home” e a “SimplyGreen Ökostrom”.

Como a tarifa é calculada?

Na Alemanha, paga-se um valor fixo mensal baseado no consumo do ano anterior. Se você acabou de entrar no imóvel, é utilizado como parâmetro o consumo dos moradores antigos. Mas no site da Entega você pode alterar o valor, obedecendo a um mínimo estabelecido por eles.

No final de um ano, você deve enviar a leitura do relógio e eles calculam o consumo real. Soma-se o valor pago pelos moradores nos 11 meses anteriores. Se o consumo tiver sido maior que o valor pago, no mês 12 você paga a diferença. Caso você tenha pago mais do que gastou, a diferença é devolvida.

 Assim, no primeiro ano eu pagava 58 euros por mês e poderia ter reduzido para até 48 euros. Eu preferi deixar 58 euros mesmo, pois caso tivesse que pagar a mais no final do ano, o débito seria menor. Então ao fim do primeiro realmente tive que pagar a mais, mas a diferença foi pequena, praticamente apenas mais uma mensalidade. Por conta disso, eles aumentaram o valor da mensalidade para o ano seguinte, que passou a ser de 64 euros. No fim do ano, acabei tendo restituição. Atualmente pago 78 euros por mês.

Alimentação

custo de vida Alemanha alimentacao

Taí um ponto que é muito difícil de estabelecer uma média, porque depende do consumo de cada um.

Ultimamente, como reduzimos muito o consumo de produtos de origem animal e industrializados, nosso gasto mensal com alimentação e produtos de higiene e limpeza sai por volta de 300 euros.

Isso com um alto consumo de produtos orgânicos. Por aqui, há diversos supermercados, cada um com seu “estilo” de preço.

O Aldi e o Netto sao os mais populares perto da minha casa. Mas em outros bairros e cidades é possível encontrar o Real, o Edeka, o Lidl. O Rewe é mais caro na média, mas os produtos da marca do mercado costumam ser baratos. O Tegut é mais caro e mais gourmet ( Existe um no subsolo do aeroporto de Frankfurt). O Alnatura é 100% orgânico e é o meu preferido. Só que nem tudo eu compro lá, ou porque não tem algo que eu preciso ou porque é muito mais caro que nos outros mercados.

Pra compra de produtos de higiene e limpeza, 99% das coisas que eu preciso compro na DM, drogaria que você encontra em qualquer cidade média a grande na Alemanha. Mas tem que ser bem focado pra entrar lá, porque corre-se o risco de gastar todo salário de uma vez só. Quando você vier, vai entender o que estou falando. Depois não diga que não avisei!!!

20170120 1650146570713129703313676
20170120 1657237463050257834575193

Internet

Outro item que pode variar, dependendo da necessidade de cada um. Muita gente opta por combos com TV, internet e telefone, mas como não temos TV, só pagamos a internet mesmo. Meu celular é pré-pago, então entra em outra conta.

Então, pra internet gastamos 29,90 euros por mês pra 20 MB de velocidade. Como fechamos o contrato de 24 meses, o primeiro ano tinha mensalidade por 16,90 euros. A empresa que usamos é a 1&1 e nunca deu nenhum problema. Demorou um pouco (cerca de 3 semanas) pra instalarem a internet, mas nesses quase 4 anos, NUNCA caiu a internet. Nem mesmo durante a ocorrência de alguma manutenção, que eles avisam previamente sobre o dia, hora e a possibilidade de queda. Estamos muito satisfeitos!

Celular

Usamos pré-pago da Vodafone e gastamos 10 euros cada um num plano que oferece 2GB de internet e ligações ilimitadas dentro da Alemanha e roaming gratuito nos países da União Europeia. É o suficiente pra gente, pois passamos a maior parte do tempo em locais com Wifi. Até na praça principal de Darmstadt tem internet gratuita!

Transporte

Custo de vida transporte Alemanha

Esse custo vai depender da cidade que você for morar. Aqui em Darmstadt, o ticket mensal apenas para a região central da cidade custa por volta de 38 euros. Eu não uso, pois moro no Centro e faço tudo a pé. Mas se preciso pegar um ônibus ou tram pra algum lugar, o valor da passagem unitária é 2,20 euros.

Se precisar de ida e volta, vale mais a pena comprar o ticket válido pro dia inteiro, que custa 4,30 euros.

Se estiver com mais uma pessoa, já é mais vantajoso comprar o ticket de grupo (que também vale para o dia todo de forma ilimitada), que vale para até 5 pessoas e custa 7,50 euros.

Quando vou com meu marido pra Frankfurt, por exemplo, compramos a passagem de grupo e sai por 28,90 (uso ilimitado durante o dia todo). E também tem o Hessen ticket, que te permite viajar com até 5 pessoas por todo o estado de Hessen por um dia e custa 35,90 euros.

Seguro Saúde

Se você tiver um emprego aqui na Alemanha, poderá ter acesso ao sistema público de saúde e o valor referente a isso será descontado diretamente no seu contra-cheque.

Caso você seja estudante com menos de 30 anos também é possível entrar no seguro público. Mas esse não foi nosso caso. Quando meu marido comecou o doutorado, já tinha 30 anos e tivemos que fazer um seguro viagem de estudante.

Nós optamos pelo Mawista e pagamos 121 euros por mês pro casal. Ele funciona bem pra gente, mas conheço pessoas que tiveram problemas, principalmente em caso de doenças pré-existentes.

Ele funciona como um seguro mesmo. Você paga os custos do médico, envia a nota pra eles e aguarda pelo reembolso. Ocorre que aqui na Alemanha alguns médicos não cobram na hora. Eles enviam a fatura pra sua casa com um prazo para o pagamento. Quando isso acontece, é perfeito, pois dá tempo suficiente de eu enviar a fatura pro seguro, aguardar o reembolso e transferir o dinheiro pro médico, sem precisar pagar de forma antecipada do meu próprio bolso.

Academia

Aqui em Darmstadt existem academias bem baratas, que cobram 20 euros pela mensalidade e outras mais caras, com mensalidade beirando os 50 euros.

Eu pago 40 euros numa academia chamada Fitness First, que tem em várias cidades na Alemanha.

Estou lá há quase 3 anos. Meu marido entrou agora na academia e vai pagar 45 euros. Escolhi essa por comodidade mesmo, pois é quase do lado de cada. Se fosse mais longe, provavelmente não iria rs. E a academia é completa, com aparelhos de musculação, aulas de grupo com zumba, yoga, pilates, luta, ginástica localizada etc. E ainda tem sauna sem pagar nada a mais por isso!

Extras

Ainda tem os gastos inesperados. É importante que você tenha um dinheiro reservado pra isso, principalmente se você precisar de algum serviço. Aqui na Alemanha os serviços custam um rim.

No mês passado, por exemplo, meu marido se trancou pro lado de fora de casa, deixou a chave na fechadura por dentro, e eu estava no trabalho. Quando soube que teríamos que chamar o chaveiro, uma lágrima já escorreu do meu olho. 55 euros indo embora pelo ralo…

Reserva para os meses iniciais

A chegada a um país novo pode ser um drama, principalmente se considerarmos os gastos iniciais que são inevitáveis. Minha recomendação é: se planeje com antecedência e guarde todo o dinheiro que puder!

PASSAGEM AÉREA

Em primeiro lugar, você terá os gastos com passagem. Normalmente, fica mais barato se comprar ida e volta, mesmo que você não vá voltar.

Dica: qualquer passagem pra Alemanha por menos 2 mil reais ida e volta é uma pechincha. Pode comprar sem medo!Entre 2 mil e 2500 reais, é um preço bom. Entre 2500 e 3 mil é ok. Acima disso já está caro.

Fique atento à política de bagagem da empresa. Algumas, como a TAP e a LATAM não oferecem bagagem despachada na tarifa básica, que é a mais barata. Se você quiser trazer bagagem no porão, terá que pagar à parte ou migrar para a tarifa intermediária, que é um pouco mais cara. Outras empresas como a Lufthansa, Air France, KLM e Alitalia oferecem a bagagem despachada. Em algumas só é permitido um item e outras oferecem duas malas.

HOSPEDAGEM TEMPORÁRIA

Outro item importante é o local de hospedagem até que você consiga encontrar um lugar definitivo pra ficar. Aqui pode ser que você gaste muito, pois se não tiver família ou amigos que possam te receber, terá que pagar hotel ou Airbnb. A oferta de hotéis aqui em Darmstadt não é tão grande. Pagaríamos cerca de 80 euros o casal na diária do Ibis.

Considerando que o tempo até conseguir um imóvel é imprevisível, o dinheiro desce pelo ralo. Eu, por exemplo, levei um mês até conseguir meu apartamento, mas só poderia entrar depois de um mês e meio. Ou seja, foram quase 3 meses morando em lugares provisórios.

Caso você não tenha problema com isso, recomendo a busca por uma vaga temporária numa república, que em alemão se chama WG (abreviação de Wohngemeinschaft).

Eu dei uma sorte danada, porque um dos moradores da república onde fiquei viajou por mais de um mês e estava precisando de grana.

Daí resolveu alugar o quarto dele na república e o valor ficou bem barato. Ficamos um mês lá e foi uma verdadeira mão na roda.

Também é preciso levar em consideração que a maioria dos locadores pedem caução de 2 ou 3 meses de aluguel como garantia.

Em cidades com disputa mais acirrada, o cenário é bem pior. Já ouvi dizer que teve locatário oferecendo 3 ANOS de caução pra levar vantagem em Frankfurt. Se é lenda urbana ou não, vai saber… Nós pagamos 3 meses mesmo.

MOBÍLIA DE CASA

Depois dessa fase, vem a parte da mobília da casa. Aqui na Alemanha, é muito comum que o locatário monte a cozinha de forma planejada por conta própria e depois venda para o próximo locatário ou leve pro novo imóvel.

Quando fomos visitar o apartamento, o locatário nos informou que venderia a cozinha e só alugaria para quem aceitasse comprá-la.

Como teríamos que enfrentar isso de qualquer jeito e estávamos loucos pra conseguir uma casinha, nós topamos.

Não foi barato (pagamos 1200 euros) mas seria muito mais caro se tivéssemos que comprar tudo novo.

Portanto, na hora da visita, verifique esse tipo de informação também! Outros móveis nós conseguimos no grupo de Free Your Stuff Darmstadt, no Facebook.

Ganhamos o sofá, o guarda-roupa, a cama e os colchões. Mas tenha em mente que é você que vai precisar desmontar tudo na maioria das vezes e transportar também. Foi barato pra gente mas nada cômodo…

A loja mais popular para compra de móveis na Alemanha, e em boa parte da Europa, é a Ikea.

As lojas costumam ser afastadas dos grandes centros e ficam na beira das rodovias. É complicado ir de transporte público.

O ideal é alugar um carro, caso não tenha um. Até porque você terá que transportar tudo por sua conta (e montar também!). Mas é possível comprar pela internet, acho mais cômodo, até porque não tenho carro!

Resumo da ópera: é possível pra um casal viver com apenas um salário mínimo na Alemanha!

Bom, acho que isso é o principal. Espero que minha experiência ajude na sua decisão. Caso fique alguma dúvida, é só perguntar nos comentários!

Hospedagem perfeita? Excelentes opções aqui

Precisa alugar um carro? Rentalcars

Vai de ônibus? Experimente a Flixbus

Tour gratuito, visitas, ingressos e passeios? Temos!

E não se esqueça do Seguro viagem!!

*Ao reservar com um parceiro através dos nossos links recebemos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda o blog a se manter sempre atualizado com novas dicas de viagem. Obrigada! =)

Quer viajar mais? Cadastre-se aqui e não perca nenhuma dica:

custo de vida na Alemanha e Darmstadt

Mais algumas dicas