15 opções perfeitas de Hotéis em Torres Vedras para explorar + Portugal 

Chegou o fim de semana e você está super animado para uma escapadinha na região litorânea oeste de Portugal e precisa economizar no orçamento? Confira nossas dicas de hotéis em Torres Vedras, gastando pouco!

Quando o verão chega, bate aquela vontade de pegar a estrada para visitar praias e ou sítios refrescantes com amigos e ou família. Entendemos bem, o calor de 40°C em Portugal pede dias regados de drinks e comidinhas leves, além de passeios e ambientes ao ar livre para aproveitar bem esse verão depois de um longo período em confinamento.

Pensando em entregar as melhores dicas para vocês aproveitarem o verão em Portugal, listamos 6 opções incríveis de hotéis em Torres Vedras e em regiões com até 30 km de distância da cidade, para vocês aproveitarem o fim de semana e ou férias gastando pouco.

Muitas destas hospedagens também servem para a estação do inverno. Não vai rolar praia, mas o conforto e o mimo, estão lá! 😉 

Região centro oeste de Portugal

Se você é turista em Portugal, continue lendo que vamos te ofercer informações valiosas para você desbravar o Centro Oeste de Portugal e viver as melhores experiências durante sua estadia.

Sabe aquela região interiorana que sempre buscamos para fugir do caos da capital? Pois, seja bem-vindo ao seu destino perfeito. A região Oeste de Portugal definida em poucas palavras: calmaria, tempo de qualidade com família e ou amigos e apesar de não possuir a agitação de Lisboa, a região tem encantos diurnos e noturnos. Para quem acaba não aguentando ficar muito tempo relaxado. Tipo eu!

A região Centro Oeste de Portugal tem 13 concelhos, cada um com sua singularidade e culturas locais que fazem da experiência do viajante diferente e cheia de memórias com muitas histórias para contar. 

Descubra algumas curiosidades dos 13 concelhos da região centro oeste de Portugal

Alcobaça:  

A quase 100 km de Lisboa, Alcobaça é uma região pequena mas com muitas histórias e paisagens para desfrutar. Lá você vai encontrar o Mosteiro de Santa Maria de Alcobaça, nomeado como patrimônio da Unesco, as ruínas de um castelo medieval, o convento de Santa Maria do Cós, e também a lagoa de Pataias ideal para um piquenique. Se ainda assim não estiver satisfeito, são 12 km de costa para aqueles que amam um dia de praia. Se você é fã de vinhos e histórias, lá também tem o Museu nacional do vinho de Alcobaça, um dos melhores museus da categoria no país.

Um dos lugares mais fofos de Alcobaça é o Jardim do Amor. Daqules points para tirar foto com o mozão e instagramar. 

namEqgPVWYBvg7RkFfdvLtzbi7PO 5dvo3VuX5Gpz4nnCCJHKVRr25vbRF6JBWCevKf3tGRiZT 15GbaAwACEzQjUt8fhow0T13SbWk9a4HzoLDkD52lvxA5YiRiEK6sNmoB zMGsv6f

Não poderia deixar de falar sobre o Your Hotel & Spa Alcobaça. Ele é muito conhecido na região por ter um circuito de Spa com preços acessíveis e ser confortável. É um bom destino romântico. 

Confira as melhores promoções para uma experiência perfeita em Alcobaça!

Alenquer 

O município de Alenquer é considerado como uma das capitais do vinho na Europa. Não sabia né? É o quarto maior concelho produtor de vinho de Portugal e acompanha opções culturais, arqueólogicas e festivas. Vinhos e enoturismo não faltarão para você. 

São aproximadamente 45.000 mil habitantes que vivem entre um dos maiores Hubs logísiticos do país que fica nesta região. Ou seja, há aproximadamente 30 minutos de Lisboa e a beira de uma das principais estradas que ligam Portugal de Norte à Sul, a Autoestrada 1 – A1. 

Não deixe de explorar a Serra do Montejunto.

Ela está a 666 metros acima do nível do mar, com um miradouro a 400m de altitude e percuros pedonais sinalizados para fazer um trilha em meio a natureza. 

Há algumas hospedagens para aproveitar a natureza e a região. Confere aqui

Confira as melhores promoções para uma experiência perfeita em Alenquer!

Arruda dos Vinhos

O município de Arruda dos Vinhos é pequeno mas fica bem localizado e oferece algumas atrações turísticas. Sinceramente? Não espere grandeeees coisas da região. Já medindo expectativas, ok? 

Há uma vibe do enoturismo da região de Lisboa que também atinge Arruda. Nomes como a Adega Cooperativa de Arruda e Quinta do São Sebastião, são nomes conhecidos por lá. 

O Mercado Oitocentista e Festejos de Santo António, que costumam acontecer entre os meses de junho e julho, também são bem famosos e reúnem pessoas de várias regiões. 

Outros pontos para você anotar: O Jardim do Morgado e a tão famosa Linha de Torres que conta com o  Centro de Interpretação das Linhas de Torres De Arruda

Se você não conhece a história da invasão francesa em Portugal e do apoio da Inglaterra e o grande Duque de Welligton, você não sabe o que está perdendo. Vai aqui de quebra uma dica de filme: As linhas de Welligton

 Bombarral 

A cidade de Bombarral é também considerada uma vila, com pouco mais 90 km quadrados mas é o coração do oeste. A cidade foi construída em torno de muita história e herança, que podem ser vistas através dos palácios, como o palácio dos Henriques, palácio do Gorjão e o Solar dos Mello e Castro. Aos religiosos e admiradores da arquitetura das igrejas, a região tem boas opções para apreciar. 

Com mais de 35 hectares, muito famoso na região é o  Jardim Oriental Bacalhôa Buddha Eden ou simplesmente, Buddha Eden! É um destino turístico que merece seu destaque e que faz parte do grupo Vinhos Bacalhaôa que nós já visitamos e contamos tudo sobre ele aqui!

https://www.instagram.com/p/CgBvGcTqsiC/

Impossível não falar sobre a tradicional e típica Pêra Rocha do Oeste  que preenche os horizontes do Bombarral com seus pomares e sai de Portugal, para os mais diversos países do mundo. É a típica pêra portuguesa! 

Confira as melhores promoções para uma experiência perfeita em Bombarral!

Cadaval 

A região do Cadaval tem um estilo de vila portuguesa com pouco mais de 3.000 habitantes mas com uma econômia de topo a nível nacional: é o principal produtor de pêra rocha em Portugal! Além de também ser uma cidade com produção de vinhos leves premiados nacionalmente e internacionalmente. Falando de atrações turísticas e das belezas naturais, a cidade contempla a serra de Montejunto, muito próxima a região do Bombarral inclusive, com grutas, algares, flora e fauna e  um pacote completo, para desfrutar em um passeio ao ar livre.

Quer uma dica de Quinta direcionada para o Enoturismo (e até para festas de casamentos) e que rotúlos e vinhos dedicados ao turismo e ao bom sabor? Quinta do Gradil! 

Estranho era não falar de comida nesse lindo blog. Eu sou apaixonada por Pão de Ló e é aqui no Cadaval, que é feito o PÃO DE LÓ TI’PIEDADE  que existe há mais de 30 anos e que também faz parte do portfólio de produtos exportados do Oeste. Eu já comi e posso te dizer, acaba com qualquer dieta porque é impossível comer um pedacinho só! Vai com certeza pelo menos 2. 

9ojg2lVeWFn BmIVR2pj MOEOHV55azK rWkEMckXCwVcH8uEDueCWTmnpkWMoU7BODt3X7Y1IyIubM

É também aqui, que temos a Real Fábrica de Gelo . Já não está ativa como antigamente mas não deixou de ser um símbolo de tecnologia medieval. É a única deste tipo em Portugal e na Europa!

O gelo ali produzido era armazenado e levado até a capital para manter os hábitos da realeza. 

 Caldas da Rainha

A cidade de Caldas da Rainha foi nomeada como um cidade criativa pela Unesco e em outros tempos, um refúgio terapêutico devido às atividades termais desenvolvidas na no antigo hospital termal da cidade que pode ser descoberto mais no museu do hospital e das Caldas na cidade. 

As Caldas, também chamada assim pelos locais, é conhecida pelo faculdade de Leiria, ou melhor IPL -Instituto Politécnico de Leiria e por outras atrações aquáticas muito visitadas no verão. 

No site oficial da Caldas da Rainha, você encontra o que fazer, onde comer, pontos de interesse um guião 360º da cidade. Com direito a locução e tudo! Fiquei um tempão me perdendo no site e curtindo as dicas. 

Confira o Caldas da Rainha 360 >>  

5M6r76Lo jXE9C HMh9vydyabV9EBRH

  Confira as melhores promoções para uma experiência perfeita em Caldas da Rainha!

Lourinhã

A Lourinhã é muito conhecida pelo famoso Parque dos Dinossauros ou melhor, DINO PARQUE DA LOURINHÃ.

Não menos importante para os apaixonados por praia como eu, as praias da Lourinhã também tem seu charme. A praia da Areia Branca, praia do Areal, praia da Peralta e praia Caniçal são algumas referências para apanhar um bronze na região

O site oficial de turismo da Lourinhã é bem completo e dá para encontrar recursos de turismo bem explicados sobre trilhas, museus, moinhos e eventos. 

Não poderia deixar de falar sobre a origem do nome do concelho. Nas palavras originais de quem entende do assunto:  

6MAIJenG6Bk8Xvg6Mforq5Vz HyJD56ZNFexyzsjNd51 OfERfYRmNn0UrCalZUdI65 PXK2e3A2qxisvtNH 681rR9td3 B5TihCAkbFz3nuOMl2WDP9zhL5ECKAoc1eG6FRWljje2

Tem até um mapa interativo no site visitlourinha.pt

 Nazaré

Minha querida Nazaré!

O lugar onde eu vi ondas gigantes, passei um carnaval maravilhoso e mergulhei no mar mais agitado que já conheci na minha vida. 

Também pode ser considerada a típica vila portuguesa, com uma gastronomia marcada pelos  frutos do mar e umas cervejas. 

Alguns lugares para explorar: A praia de banhos, o mercado local no bairro dos pescadores – que dizem ser muito animado, o Miradouro Suberco com uma vista das ondas da Nazaré de tirar o fôlego, o forte de são Miguel Arcanjo com o seu famoso farol (é aqui que o pessoal vê as ondas gigantes que aparecem nos vídeos da internet), além da praia do Norte rodeada pela natureza e destino de muitos sufistas em Portugal.

Detalhe, o canhão da Nazaré é o top do tops View points, ok? “O fenómeno geológico do Canhão da Nazaré – o maior da Europa – com 227 km de comprimento e 5.000 m de profundidade, produz, de outubro a março, as maiores ondas do mundo.” Turismo do centro

São aproximadamente 10.000 pessoas vivendo na Nazaré e 14.000 no munícipio todo, mas o turismo que essa região atrái é surpreendente.  O arela da Nazaré é enorme e combinar uma praia não é tão fácil quanto parece. As vezes você até ouve: “Encontramos ali perto da bola da Nivea”. É uma bola publicitária alta, que fica na região central onde estão os restaurantes, bares e subida do funicular. 

Ou melhor, o acensor da Nazaré!   

waPTdAzp1klLp0hccKyYj6 1baQaHHhn59zF2pAeE6EeC7GODpn2ThWoitZEYtIugKfSLp0igSg8ba9A9zDcV7bMR6cHdnF1WZ tdal6C5366sWNpQznWML8V2iuUSVjpculIJpF5W v

A partir de Lisboa são cerca de 120km e do Porto 220km e durante muitos anos, foi aqui que a pesca teve seu destaque. 

Dica de turismo:

Para comer? Recomendo um restaurante que sirva o famoso peixe Carapau, uma sardinha ou uma caldeirada de peixe! 

Confira as melhores promoções para uma experiência perfeita em Nazaré!

Sobral de Monte Agraço

Sobral, é um munícipio bem pequeno e que faz parte da Grande Lisboa. Ao redor, você vai cruzar com as zonas de Torres Vedras, Arruda dos Vinhos, Alenquer e Mafra. 

Sinceramente? Sobral não é um polo turístico mas vale a pena destacar o circuito pedestre/pedonal do Alqueidão. E nada mais é do que a estrada militar que foi construída durante a 3ª invasão francesa em Portugal. E ainda conta com o forte para conhecer!

Vale a pena saber que essa região é marcada pelos moinhos e pela típica moagem de farinha. 

Se temos referências gastronomicas? Claro: Fritada, Uvada e Bolos de Perna

Óbidos:

 A cidade de Óbidos outrora foi considerada como uma das sete maravilhas de Portugal, hoje para turistas pode ser considerada como uma cidade pacata, para aqueles que amam cultura, história e calmaria. O caos da capital Lisboa, não chega perto da cidade de Óbidos e ao invés do barulho do trânsito, você poderá desfrutar do canto dos pássaros em um passeio pelo centro histórico da cidade. 

Por aqui acontecem váris festivais o ano todo: Festival literário – FOLIO, Feira do Chocolate, Festival de Natal – Óbidos Vila Natal, Mercado Medieval de óbidos… as muralhas ainda intactatas e marcantes são cenário de vários eventos. E é mais que justo! 

O lindíssimo e super conservado Castelo de Óbidos, foi declarado pelo concurso as Sete Maravilhas de Portugal, em 2007 como o segundo dos sete monumentos mais relevantes do patrimônio arquitetônico português.

Posso começar a dizer que a origem do nome vem do Latim e significa “cidade fortificada”. Talvez por isso, ainda perdure efetivamente a fortaleza que é. 

É aqui que você vai beber um clássico da cultura da bebedeira portuguesa: A Ginjinha de Óbidos. Eu adoro, porque é doce, e eu adoro bebidas doces! Ahaaa e a tradição é beber no copinho de chocolate para já despertar a diabetes que existe em nós! 

Sobre as atrações mais fora do centro e que são perfeitas para o verão, aqui vai:  Lagoa de Óbidos, Praia d’El Rei, os percurso pedonais e a vida noturna. 

Lagoa de óbidos – Site oficial do turismo de òbidos 

BvtNSU0qdapgOCuY8Qk49tMbaRC5aUYmeYZU2f4Cl9QbDn2Kh1wa8Jpv7870V3dLuwlQIdDV rCbOR kVghnvwbFmEi4dh6dsHGoRt8eHN84hutuWiLvvXcjiwGiSJG53WWs8qLvgBeC
Lagoa de óbidos – Site oficial do turismo de òbidos 

A cidade nomeada pela UNESCO como Cidade Criativa da Literatura, também tem um turismo para prática Golfe muito comum, com alguns hotéis na zona dedicados para isso. 

Já agora, vou deixar algumas dicas de hospedagem aqui, já que falamos nisso: Praia d’El Rey Marriott – Golf e Beach resort, Casa das Senhoras Rainhas, Rio do Prado, Josefa D’Óbidos Hotel e Hotel Real de Óbidos.

Peniche 

Peniche tem paisagens e lugares paradisíacos!

Se já ouviu falar na Ilha das Berlengas, é exatamente aqui que começa. Aliás, Peniche á uma peninsílua e a região mais ocidental da Europa continental. 

O apelo grande à natureza é enorme e toda a cidade foi construída em torno dos mares com praias incríveis como a praia da Gamboa e a praia Baleal. 

Para os aventureiros adeptos ao surf, a cidade de Peniche é considerada a capital do surf em Portugal tendo surfistas explorando a região e principalmente as praias do Medão ou Supertubos em busca da onda perfeita.

O Forte de Peniche se tornou a poucos anos um museu, que retrata os anos da ditatura em Portugal. O lugar era usado como presídio. 

Sobre as Ilhas das Berlengas é isto: uma ilha, que você pode ir de barco e voltar no mesmo dia ou dormir por lá. Tem um camping que precisa ser reservado antes no posto de turismo mas fechou durante a pandemia e ainda não reabriu – em agosto de 2022 e outros dois alojamentos mais estruturados. Mesmo assim, não há multibanco e provavelmente pouca rede ou sinal. 

Dica de passeio:

Para comer? Uns amigos de Peniche! (Risadas estéricas). É o nome do doce e é bem semelhante ao Pastél de Feijão de Torres Vedras mas leva farinha, açúcar, ovos e amêndoas. 

ktGciX69OIvO DVkB8TSk3pqLmD77QEG8E1F5c p0nmJn0T8crItW32Mq5yZ3 6NhA9dWhiJ7h OihoMbSlFTrWHeFmxYLllFkaMUQ0sZ2C9g8veP389ErDqQbRHXUJ5IqXz UqMblbM

Torres vedras

Torres Vedras é a Capital do Carnaval português e cidade “capital”, por assim dizer, da região oeste de Portugal. 

pGlayzPTys3DnpxNUvUl3G Eyq DIpukSXlyE7xKGBz aMCKVKwEzdBSeIF9kd1Sr2 XXnJjX9AhJAlDh026u04yNiyEGR6ITN 0fLHoQXWM0iuAtSA3K3NCS8qqEiFK DsuZND2ETw

Torres tem aproximadamente 80 mil habitantes, 22 praias e 20km de extensão beira mar. É de Torres que saem muitos frutos e legumes e bacalhau. A Riberalves, uma das maiores empresas transformadoras de Bacalhau em Portugal, tem sede em Torres Vedras. 

Fica a aproximadamente 30 – 40 minutos de Lisboa e foi aqui, o palco de uma das lendárias batalhas onde Napoleão Bonaparte perdeu a guerra ao bater na famosa fortificação das Linhas de Torres. (Linkar livro da Amazon sobre a história da batalha das linhas de torres) 

Dica de turismo:

Torres Vedras tem um forte Enoturismo (link bodeboca) , inclusive a própria Riberalves, tem a AdegaMae. Marca de vinhos que faz parte do grupo e que tem além de visitas as vinhas, um recem restaurante inaugurado chamado Sal na Adega. Recomendo mil vezes! 

Outro ponto importante que não poderia deixar de sugerir, são na verdade, os vários pontos turísticos do Centro de Torres Vedras que mereceu inclusive um site dedicado as atrações do Centro Histórico

E2OaZGDKHNoXiMoXPp0qucAV8n4uI4knpvQ5ax ksXAxZaWhDz8yDUkx8FGBz3kEdUXCRvybXCJbJZx4Xx sjCOteAWI7ne285zhDtlMh004J0KFufTSvXMtEcuUNU37SzsVCUw5S6g

Depois de te apresentar a região oeste quase toda, aqui vai algumas dicas de onde se hospedar em Torres Vedras:

Hotéis de Torres Vedras e região

Seria completamente injusto falar sobre várias regiões do Centro e Oeste de Portugal e não detalhar com carinho, os melhores hotéis da região de Torres Vedras. Claro que há diversas outras opções mas estas são a que achamos pertinente destacar. 

para cada gosto e para cada cabeça uma sentença, já dizia o sábio. Por isso, escolha a sua e boa estadia!

Estabelecimentos hoteleiros Torres vedras

STAY HOTEL TORRES VEDRAS - hoteis torres vedras

Preço: a partir de 50 euros

Classificação: 8 em 1.600 reviews

Distância: 363 m

dolce campo
hotel golf mar - hoteis torres vedras
areias do seixo villas
Well hotel e spa - hoteis torres vedras
hotel santa cruz - hoteis torres vedras

Turismo Rural

patio da figueira - hoteis torres vedras

Preço: a partir de 30 euros

Classificação: 8.6 em 294 reviews

Distância: 3.8 km

Quinta D' alem- hoteis torres vedras
Casa do Chafariz - hoteis torres vedras
casa do largo - hoteis torres vedras

Alojamento Local

Lines of wellington - hoteis torres vedras

Preço: a partir de 34 euros

Classificação: 8.2 em 56 reviews

Distância: 1.88 km

Quebra costas rooms - hoteis torres vedras

Preço: a partir de 34 euros

Classificação: 8 em 199 reviews

Distância: 1.88 km

suite like sweet - hoteis torres vedras
suite like sweet – hoteis torres vedras

Preço: a partir de 41 euros

Classificação: 9.2 em 76 reviews

Distância: 2.26 km

Apartamento T1 no centro TÊ – U - hoteis torres vedras

Preço: a partir de 56 euros

Classificação: 9.6 em 3.6 reviews

Distância: 326 m

HI Santa Cruz – Pousada de Juventude

Bonsventosmelevam.com

Mais algumas dicas