Entre o centro da cidade de Leiria e o mar de São Pedro do Moel fica um bar-restaurante que mora dentro do meu coração e faz parte da minha história em Portugal: O Old Beach.

São Pedro do Moel é uma região ou um lugar que pertence à freguesia ou concelho da Marinha Grande dentro do distrito de Leiria.

Se você é brasileiro, provavelmente essa classificação de concelho e freguesias não faz muito sentido.

Primeiro você precisa lembrar que Portugal é um país em si pequeno, então as divisões são menores também. Ficaria assim se fosse no Brasil, o distrito de Leiria poderia ser um estado em termos de hierarquia, Leiria a capital, Marinha grande uma região metropolitana e São Pedro do Moel um bairro.

NO RESUMO DA HISTÓRIA

O bar-restaurante Old Beach fica na praia velha (parece um pouco óbvio não é?) próximo ao Farol de São Pedro.

Se você procurar pelo bar na internet vai encontrar algumas referências.

Uma página do bar no Facebook, algumas fotos no Google, a localização, um blog antigo e poucas avaliações no Tripadvisor.

Mas nenhum deles mostra o que realmente o Old Beach é. Aquilo que eu chamo de “espírito da coisa” ou o “sentimento que o ambiente traz”.

Isso você só vai experimentar e conhecer estando lá pessoalmente. Mas posso tentar traduzir um pouquinho pra você.

COMO CHEGAR

Para chegar até o centro de São Pedro do Moel há ônibus. Mas não tenho a certeza de que o ônibus passa pela Praia Velha. Talvez na época do verão.

A linha de ônibus que chega até São Pedro é a 601 e pode ser consulta no site oficial da Rodoviária do Lis, empresa que faz essa rota.

Quando pesquisar a rota no site encontrará uma página semelhante a essa com os horários de volta também.

 

Se você chegar próximo ao Farol não tem erro, é só seguir pela orla na parte de cima, na Avenida do Farol por 2 Km, passando pela praia da Concha. A Avenida está inclusive bem feita, possui ciclovia e caminho para pedestre, ou pedonal como falamos em Portugal.

Se resolver descer na praia velha ao lado do Restaurante Pai do Frangos, certifique-se de que o mar não está agitado ou se não invadiu a extensão de areia.

Quando ainda não é verão ou épocas mais quentes, acontece com muita frequência da água avançar para dentro do continente. Inclusive o próprio Old Beach, possui uma elevação a um nível um pouco acima do solo para esses imprevistos.

Como dizia minha vó, com o mar não se brinca!

Ao fundo o Farol de São Pedro.

A entrada do restaurante Pai dos Frangos e da Praia Velha.

 

Para quem vai de carro não tem erro também. Partindo de Leiria sentido Marinha Grande, vá sentido litoral e pinhal litoral.

Você poderá fazer o caminho todo até São Pedro do Moel e também pegar a orla da Avenida do Farol até o Old Beach que estará à sua esquerda ou passar por dentro do Pinhal.

O fim da estrada é um mirante com vista para o mar, você só poderá ir para a esquerda onde estará a Praia de São Pedro ou para a direita, o Farol e o Old Beach.

O PINHAL LITORAL

No meio da estrada que dará a São Pedro existe um corte por dentro da mata ou do Pinhal. E é exatamente esse corte que faz das minhas idas ao Old Beach um refúgio.

O Pinhal Litoral é um marco na história de Portugal, também conhecido por Mata Nacional de Leiria.

Tudo começou quando Dom Afonso III, rei de Portugal, lá pelos meados de 1250, resolveu plantar pinheiros bravos para impedir que o vento carregasse a areia e as dunas para dentro da cidade de Leiria, prejudicando a produção agrícola da região e colocando em risco a própria cidade e o Castelo.

Quando uma árvore era derrubada, outra era plantada, preservando assim o pinhal.

E uma informação muito curiosa é que o pinhal Litoral faz parte também da sua história, querido brasileiro. Você querendo ou não, muitas embarcações portuguesas da época dos descobrimentos foram feitas com a madeira tirada do Pinhal de Leiria.

E muitas caravelas eram protegidas com o Pez ou Betume do pinheiro. Uma espécie de extrato vegetal que protegia as embarcações.

Se reparar ao longo da estrada, verá pequenos potes pendurados nas árvores. Nada mais é que o extrato da resina dos pinheiros. E verá também ao longo de outros percursos pelo pinhal dunas de areia. Rei esperto!

No caminho você pode ter a sorte de encontrar com uma raposa, uma lontra ou um texugo.

Também encontrará espaços para fazer piquenique com mesas, pequenas cachoeiras e uma paz que te fará pensar na história que há por trás daquele lugar.

 

INDICAÇÕES

Para entrar na mata seguindo em direção ao Old Beach, vindo de Leiria e da Marinha Grande, pegue a segunda saída.

Como assim?

Você verá uma primeira saída à sua direita. Não é essa. Se possível vá devagar, até porque a estrada tem muitas curvas e convém ter atenção redobrada.

É a segunda saída, onde tem uma placa escrita Ponte Nova. Não é fácil ver essa placa, ela está virada para quem vem sentido São Pedro – Leiria.

Mas é exatamente aqui após uma curva caprichada:

Siga em frente e seja feliz. Quando chegar nessa separação vire à direita onde a placa diz “Ribeira de Moel” :

Daí pra lá o Google Maps some, mas não precisa ter medo. Na maior parte do ano, principalmente nos finais de semana há sempre famílias e pessoas pela mata.

Quando chegar à uma rotatória, circule e vá em frente. Ao seu lado estará uma ponte que é a famosa Ribeira de Moel. Não passe por cima dela, passe ao lado. Literalmente.

Logo à frente terá um corte com uma parede de pedra e uma placa escrita Ponte Nova apontando para o caminho de onde você veio. À sua direita uma outra placa estará escrito Praia da Vieira. Vá sentido Praia da Vieira.

Se tiver dúvida pare e pergunte. Se errar alguma saída, provavelmente em alguma praia você vai dar e, quando o sinal voltar, recalcule a rota.

Vale a emoção. Te garanto!

 * Atenção que as minhas fotos estão tiradas no sentido contrário. Ou seja, São Pedro – Praia Velha > Leiria. 😉

 

Chegou à uma estrada asfaltada? Logo em frente está o Old Beach. Com um grande estacionamento e uma casa em madeira no fundo.

BEM-VINDO

Mesmo no inverno é uma delícia ir ao Old Beach e as chances de encontrar uma vaga para estacionar são maiores. No verão? Até na beira da estrada a galera estaciona.

A graça dos dias quentes, é chegar e encontrar a infinidade de cachorros que eles têm por ali. Alguns sei que são dos donos, outros são de visitantes e outros vão de passeio encontrar a turma.

Logo na entrada há colchões e mesas para quem quer ficar ao ar livre. No dia que tirei as fotos os colchões não estavam lá ainda, estava ventando muito, ou pode ser que só coloquem em pleno verão.

Se estiver sol, aproveite a varanda ou esplanada, como os portugueses chamam. Se estiver muito vento e frio, corre lá pra dentro e aprecia da janela.

COMES E BEBES

Nunca almocei no Old Beach. Todas as vezes que vou, peço uma sandes de frango que custa 3,00 euros e uma bebida (uma lata de coca-cola por exemplo custa 1,50).

Além da sandes ser enorme, na maioria das vezes vou para o ver o pôr-do-sol e a essa hora não sinto vontade de bater um pratão de comida.

Mas só ouço falar bem da comida de lá e, como está sempre cheio, ruim não deve ser de certeza!

Os preços não são salgados e altos mas também não é um local “poupançudo” pra se comer.

Uma salada custa 7 euros, um copo de sangria a partir de 4 euros e um Menu de Marisco para duas pessoas 29 euros.

 

CASAMENTOS

Em um dia mais calmo de visita, tivemos a oportunidade de parar para conversar com um dos responsáveis pelo lugar, e na conversa perguntamos sobre a realização de casamentos no espaço. E, sim, eles fazem!!!

Com algumas restrições. Se é positivo ou negativo, depende do modelo de casamento que você quer.

  • Não aceitam casamentos com um número muito maior que 100 pessoas;
  • Todas as refeições da casa são feitas por eles e o cardápio é escolhido em acordo;
  • Não é possível fechar o espaço ou a praia só para o seu casamento (não é uma praia privada);
  • Decoração, iluminação e som precisam ser pensados com carinho e cuidado juntamente com os donos. Eles prezam muito pelo espaço;
  • Gostam de trabalhar com fornecedores conhecidos e indicados por eles, para não comprometer o nome do espaço.

Tenho certeza que um casamento aqui ficaria lindíssimo.

O contato que tenho para falar sobre casamentos é do Luis Vasco Pedroso, diretor geral.

E-mail:  luisvascopedroso@hotmail.com

+351 912 126 988

Endereço: Sede – Rua 25 de Abril, 30; 2430-313 Marinha Grande, Portugal

TREKKING

O Wikiloc é uma rede social para compartilhamentos de trilhas a pé, de bicicleta e outras atividades relacionadas. Como trilhas Off road, trilhas de iatismo, Rafting, kayak, trilhas com bebês entre outras.

indicação de algumas trilhas na região do Old Beach para quem quiser conhecer.
No meio desse falatório todo minhas principais dicas são:

NO VERÃO: Chegue cedo para conseguir estacionar, aproveite a praia e almoce no Old beach. Leve os cachorros, as crianças para brincar na piscina de água que se forma em frente ao bar e aproveite o som que eles costumam colocar para agitar.

NO INVERNO: Aprecie o pôr-do-sol, peça uma tosta de frango, uma taça de vinho e aproveite para namorar, colocar conversas em dia e ver a beleza do mar. Nessa época venta muito. Então ao passar por dentro do pinhal, tome cuidado e também ao colocar o seu carro muito em frente ao bar. Pintura e areia não são melhores amigas.