Se você é louco pra conhecer Lisboa, entra na fila. E conhecer Lisboa significa ter muitas opções de restaurantes pra ir. Para todos os tipos, gostos, decoração, localização e paladar.
Dessa vez minha visita foi ao Bota Sal. E tem muita história por trás dessa história!

O Bota Sal é um espaço novo. Novo com o nome de Bota Sal e bem antigo com o nome de Bota Velha.

O espaço abrigava uma antiga tasca muito famosa em Lisboa que funcionava desde 1974 entre a Basílica da Estrela e a região de Campo de Ourique.

Quando ficaram sabendo que a tasca fecharia, resolveram comprar o espaço e manter o nome “Bota” unido ao nome “Sal”.

A convite do Vasco, um dos donos do espaço, fui fazer uma segunda visita e conhecer mais do Staff ( o pessoal que trabalha lá e é de uma simpatia enorme) e experimentar outras iguarias da carta.

Claro que não poderia deixar de conversar com o Vasco, que foi muito agradável na visita e me contou um pouco sobre ele e sobre o projeto do restaurante.

Toda a decoração foi feita com objetos do próprio Vasco, que adora o tema “mar”.

Além do Bota Sal, eles possuem outro restaurante chamado Sal que fica na praia do Pego, em Comporta próximo a Lisboa para quem vai em direção a Sines, depois de Setúbal.

Considerado um dos melhores restaurantes do mundo desde 2015!!!!

A minha primeira visita foi feita a convite de uma amiga que me disse que tinha aberto um novo restaurante há menos de 20 dias em Lisboa e que provavelmente eu ia adorar.

Primeiro porque sou uma comilona de plantão, segundo porque sim! Eu realmente adorei o espaço, o ambiente, a criatividade na cozinha, nas bebidas e o atendimento.

BEBIDAS

No Bota Sal você pode pedir uma bebida que eles já produzem normalmente e está no menu ou pode simplesmente dizer : “Seja criativo”!

E são só surpresas boas. Experimentei 4 tipos diferentes de coquetel. Mas tive mesmo que só experimentar e beber aos poucos, se não sairia de lá rindo alto, sozinha e dançando.

Normalmente quando saio à noite ou vou a algum restaurante beber, eu evito pedir bebidas fortes. Primeiro porque o efeito é rápido e prático, segundo porque gosto de bebidas doces.

Mas dessa vez, meu amigo, provei de tudo e tive a certeza que o meu problema não é com bebidas doces e sim com bebidas que não são bem feitas.

Então se você quer experimentar bebidas bem feitas e saborosas, diferentes do que você habitualmente gosta, indico o Bota Sal.

E se quiser sentar no balcão e ficar por lá à deriva dos drinks, recomendo voltar de Uber. O estrago é grande, mas é gostoso!

Primeiro experimentei um Martini de Hibisco, depois um Summer Sal (Verde).

A essa hora eu já estava feliz. Olhando atentamente as cores vivas do copo.

Durante e após o jantar ( Porque um bom bêbado sabe que precisa parar e comer entre as doses) foi a vez de provar uma Vodka Sour de Cardomomo e hortelã que foi apelidado pelo Gustavo, o bartender, de Bons Ventos.

Ainda ganhamos drink com nome do blog! 

E por último, porque ir embora do Bota Sal é difícil, um expresso Martini com cheirinho de café.

Tá bom ou quer mais?

COMIDA

Eitaaaa. Agora imagine meus olhos brilhando!

A primeira vez que fui, experimentei um Hamburguer SB com batatas fritas – que são bem levinhas, não pingam óleo e são fininhas, ok?! Valem a pena!

Dessa segunda vez experimentei como entrada uma porção de Ameijoas à Bulhão Pato que custa 16€ e serve muito bem duas pessoas. No menu, o prato não está como entrada e sim como opção “Mar”.

No Brasil a Ameijoa é mais conhecida como molusco berbigão, vôngoles ou marisco-pedra.

Vou te confessar outra coisa:  eu não sou muito fã de nada do mar. Pois é! Mas limpei o prato!!! O tempero estava perfeito, a textura, a preparação. Perfeito!

Não faça cara feia, ok? Só experimenta e depois me conta.

O segundo prato também foi da categoria “Mar”. Uma sopa de peixe com Aioli e pão frito que custa 11€ e é de comer de joelhos. E serve bem duas pessoas também!

Como eu já te contei, o pessoal do Staff é muito atencioso e a dica de um dos rapazes foi:

“Primeiro experimente a sopa, depois experimente o pão que nós mesmos fazemos ( Ele é frito no azeite com orégano e sal) com o molho aioli e depois mistura tudo na sopa.”

Adivinha o que eu fiz? Exatamente o que ele mandou e fiquei apaixonada. O molho Aioli dá um sabor especial à sopa e o pão derrete dentro da mistura. Ai, Senhor!

E depois fomos para a seção “Terra”, ou seja hora da carne (Quem me conhece sabe meu nível de paixão por carne!). Pica pau com batatas fritas, 12€ e serve também e muito bem, duas pessoas.

Não se assuste com o tamanho da tigela, ok? Pode apostar que tem carne suficiente ali para você e mais um.

A não ser que seja seu primeiro prato da noite e você esteja esfomeado e coma muito. Mas um mero mortal comilão como eu, consegue dividir tranquilamente sem contar os pedaços.

SOBREMESA

Da primeira vez experimentei frutas do dia. Estava numa vibe mais calma!

O abacaxi (Ananás) estava com raspas de limão e deram um sabor bem diferente a uma sobremesa simples.

Da segunda vez foi logo Chocolate com caramelo salgado que custa 5,50€ e também serve duas pessoas que se controlam com a sobremesa. O sabor salgado não é agressivo como você deve imaginar. Pelo contrário, é bem sútil.

Se você quiser uma sobremesa só para você, também há outras opções como o semi frio de limão que custa 4.80€ e o creme de Alfazema também pelo mesmo preço.

Não importa o que você goste de comer, acredito que todos os pratos serão saborosos.

COMO CHEGAR

O endereço do restaurante é:
Rua Domingos Sequeira 38, Lapa, Lisboa ( Também poderá encontrar o endereço como Campo de Ourique, Lisboa.)

Estacionamento na rua não é muito fácil, principalmente em horários de pico, mas exatamente em frente há um ponto de ônibus ( paragem de autocarros em Portugal). Lá passam as linhas 25E, 28E, 709 eo 774.

Logo em frente à Basílica, descendo a rua, você pode pegar o 713, 720, 738 e o 773, além dos outros que já te listei.
A estação de metrô mais próxima é a estação do Rato – linha amarela. Mesmo assim ainda são 1,3km até o restaurante, mais ou menos uns 15 minutos. Toda arrumada de salto e maquiada não rolou.

Um Uber de Belém ao restaurante fica em torno de 6 euros ida e 6 euros volta. Compensa pelo bem estar do Look.

Vá lá e depois me conta aqui o que mais gostou, combinado?